Alvarinho Deu-la-Deu

Aproximam-se a passos largos os dias mais longos e quentes e as refeições mais ligeiras. Desengane-se quem pensa que este Deu-la-Deu é um vinho exclusivamente para beber quando está calor e de preferência 2 a 3 meses depois de se comprar.

Este clássico tem as características que conhecemos no Alvarinho: cor citrina, aromas tropicais e florais e é acompanhado de uma boa frescura. Já tive oportunidade de provar algumas garrafas com 3 ou 4 anos de idade, e o tempo faz-lhe bem: deixa cair os aromas florais e aparece a fruta branca madura. Por agora, acompanhou sem medo um frango assado condimentado com um tal de sacana de Moçambique e não ficou nada envergonhado. Um clássico a ter sempre à mão, e que ainda por cima tem uma relação qualidade preço excelente.

Se encontrarem garrafas com mais alguns anos, não tenham medo de as comprar. Já agora, consultem uma referência para a origem do nome Deu-la-Deu que vem do Século XIV, na época das Guerras Fernandinas; assim até vai parecer que são cultos quando contarem isto aos amigos que aparecem para jantar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.