Esta casa habitua-nos a não saber fazer mal, e este espumante é um bom exemplo. A mistura de Arinto e Chardonnay dá-nos um perfil bastante fresco da primeira e os aromas cítricos da segunda embora lá esteja também a maçã verde e a pêra.

As bolhas são bastante cremosas e este bebe-se muito bem a solo (perigo!), mas com marisco ou peixinho também escorrega que eu experimentei. Como aqui também temos glamour e cultura, fiquem a saber que o nome é uma homenagem ao fundador da casa (Elpídio Semedo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.