Leiras Mancas 2009

A prova de que no reino do Verde Branco há lugar para mais do que apenas Alvarinho! Estamos em 2018, e este Leiras Mancas de 2009 (!) está equilibrado, o nariz de fruta branca madura (pêra, maçã) e toques cítricos; é fresco na boca mas é preciso não o beber frio demais.

É fresco e tem um bom volume de boca; a boca tem evolução muito agradável, que já conhecia de uma irmã destas de 1987! Não tenho dúvidas que ele desce bem sozinho, mas o ideal será fazê-lo acompanhar por carnes brancas.

Procure-se em Amarante, na Casa de Cello, que tem várias outras referências interessantes (por exemplo Quinta de SanJoanne).

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *