Archive For The “noticia” Category

Guru 2020: o branco notável da Wine&Soul

Guru 2020: o branco notável da Wine&Soul

A nova colheita do Guru, o branco notável da Wine&Soul, projeto do casal de enólogos Sandra Tavares e Jorge Serôdio Borges, já está disponível no mercado. Este vinho, que é um blend das castas Viosinho, Rabigato, Códega do Larinho e Gouveio, expressa o carácter do Douro de uma forma sedutora e bastante elegante.

Proveniente de uma vinha velha com cerca de 59 anos, localizada a 600 metros de altitude e com exposição a Norte, o Guru Douro 2020 apresenta aromas de flores brancas, toranja, lima e notas minerais, salientando as características únicas das castas autóctones do Douro.

Com fermentação em barricas de carvalho francês, durante 4 semanas a baixas temperaturas, e um estágio nas mesmas barricas durante 8 meses com “battonage”, este branco tem-se vindo a afirmar, colheita após colheita, nesta região. Na prova, revela-se muito longo, com boa textura e um excelente final de boca.

Guru Douro 2020 P.V.P. aproximado – 29,95€

Ler mais
Colinas do Douro premiado no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

Colinas do Douro premiado no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

O produtor de vinhos do Douro Superior, Colinas do Douro, foi premiado com Medalha de Ouro nos vinhos Quinta da Pedra Cavada Tinto 2019, Quinta da Extrema Cabernet Sauvignon 2018 e Quinta da Extrema Reserva Tinto 2018 no Concurso Mundial de Bruxelas deste ano.

A equipa da Colinas do Douro está muito feliz com estas distinções conquistadas na 28ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas”, afirma Jorge Rosa Santos, enólogo deste produtor do Douro Superior. “Estamos muito orgulhosos que a qualidade dos nossos vinhos da região do Douro Superior tenha sido condecorada nesta competição internacional tão importante para o setor”, acrescenta.

O Concurso Mundial de Bruxelas, uma referência entre as competições internacionais do setor, procura premiar os melhores vinhos do mundo, incluindo produtos com preços variados. Esta 28ª edição decorreu na cidade do Luxemburgo, no Luxemburgo, entre os dias 18 e 26 de junho. Este ano, o júri internacional degustou e pontuou 10.000 vinhos, entre os quais Quinta de Lemos esteve em grande destaque.

Sobre os Vinhos Colinas do Douro

Com um pé na Beira Interior e outro no Douro Superior, os vinhos Colinas do Douro beneficiam da singularidade da sua localização – entre dois “terroirs” únicos. Situada em cima da transição geológica do granito da … Ler mais

1900, 1908 e 1927: Real Companhia Velha lança coleção de Vinhos do Porto muito velhos e raros

1900, 1908 e 1927: Real Companhia Velha lança coleção de Vinhos do Porto muito velhos e raros

Prestes a celebrar 265 anos e dando continuidade ao lançamento de um Very Old Tawny de 1867, há cinco anos atrás, a Real Companhia Velha apresenta, agora e com muito orgulho, uma coleção de três Vinhos do Porto de 1900, 1908 e 1927. Do final do século XIX e início do século XX, representam as melhores Colheitas daquele período, envelhecidos com grande devoção e meticuloso cuidado nas suas centenárias caves de Vila Nova de Gaia. Lançada numa belíssima embalagem com três garrafas de 200 ml, esta é uma edição limitada a 500 unidades, com um preço de venda ao público de 2500 euros.

Fundada por Alvará Régio de D. José I, Rei de Portugal, a 10 de Setembro de 1756, a Real Companhia Velha é a mais antiga empresa de vinhos em Portugal e a sua história confunde-se com a do Vinho do Porto. A completar 265 anos, para trás fica o registo de um passado e um legado sem precedentes. Para o futuro, existe a vontade de manter a qualidade dos seus vinhos – do Porto e do Douro – e a confiança numa Companhia onde o vigor e a visão de fazer ainda mais história são uma preocupação … Ler mais

Grande Reserva Tinto da Quinta Vale D’Aldeia recebe Medalha de Platina nos DWWA

Grande Reserva Tinto da Quinta Vale D’Aldeia recebe Medalha de Platina nos DWWA

A colheita de 2018 deste vinho somou 97 pontos nos Decanter World Wine Awards 2021, o que equivale à Medalha de Platina. “O Quinta Vale D´Aldeia Grande Reserva Tinto nasce da minha vontade de criar um vinho de excelência, criativo e que revele toda a autenticidade do terroir do Douro Superior e das vinhas de altitude”, explica José Reverendo Conceição.

O Quinta Vale D´Aldeia Grande Reserva Tinto (2014, 2015 e 2018) tem sido reconhecido e premiado em vários concursos – o 2014 foi considerado o Melhor Vinho Português no Concurso Mundial de Bruxelas 2019. O 2018, que agora alcançou esta distinção na revista Decanter, também já tinha recebido uma Grande Medalha de Ouro no Concurso Vinhos de Portugal 2021 e uma Medalha de Ouro no Mundus Vini Spring Tasting 2021.

A nota de prova dos DWWA 2021 que deu ao Quinta Vale D´Aldeia Grande Reserva Tinto 2018 a Medalha de Platina refere: “Groselha preta, bagas e cereja no nariz. Frescura na boca, bergamota e violeta com notas de mirtilo e chá earl grey. Taninos finos e acidez elegante no final longo”.

O diretor-geral e enólogo da Quinta Vale D’Aldeia, em Mêda, Douro Superior, salienta que a “excelência deste vinho se Ler mais

XI Gala Tejo adiada pela segunda vez e agora para Outubro

XI Gala Tejo adiada pela segunda vez e agora para Outubro

A ‘XI Gala Tejo’, evento que premeia o sector vínico e a gastronomia na relação com os Vinhos do Tejo, esteve marcada para dia 19 de Junho, tendo sido adiada devido ao aumento exponencial de casos de Covid-19 em Portugal e, em particular, na região de Lisboa e Vale do Tejo, e das regras então definidas pela DGS e pelo Governo.

A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo e a Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo, entidades promotora e organizadora do evento, agendaram uma nova data – 17 de Julho –, sendo agora estas entidades “obrigadas” a um novo adiamento da edição de 2021 desta Gala, devido à realidade de uma nova vaga no nosso país. Os premiados estão eleitos e, por isso, a organização mantém-se convicta na vontade de lhes “dar palco”, prevendo assim a realização deste evento no dia 16 de Outubro, contando que nessa altura o país esteja em posição de retomar a alguma normalidade.

Independentemente do trabalho já realizado para a organização deste evento, dos custos inerentes e da vontade que todos temos em premiar os nossos produtores, restaurantes e restantes parceiros, pelo fantástico trabalho que têm feito pela Região dos Vinhos do Tejo, sabemos Ler mais

Quinta do Pôpa contrata Carlos Raposo como Head Winemaker

Quinta do Pôpa contrata Carlos Raposo como Head Winemaker

O ano de 2021 será de novidades várias para a Quinta do Pôpa. Comecemos pelo capítulo ‘Adega’ e com a contratação do enólogo Carlos Raposo para o cargo de Head Winemaker, que fará dupla com Stéphane Ferreira, neto do Pôpa e co-proprietário da quinta em questão. Uma escolha que vem ao encontro de uma reforçada aposta da Quinta do Pôpa numa política de sustentabilidade.

O enólogo Carlos Raposo é, desse muito jovem, mais do que um amante, um parceiro da mãe natureza. Uma ligação que ditou que, cedo, soubesse que o seu caminho passaria pela agricultura. O seu caráter ambicioso levou-o ao estrangeiro para obter a licenciatura em Viticultura pela Universidade da Borgonha e o mestrado em enologia pela Universidade de Bordéus. Enquanto estudava, trabalhou em várias adegas pelo mundo. Em 2011, Carlos regressou à sua terra natal e foi em Portugal que acabou por conhecer um dos seus grandes mentores, Dirk Niepoort, com quem trabalhou durante sete anos. Em 2018 estreou-se como produtor em nome próprio, tendo apelidado o seu projeto pessoal de ‘Vinhos Imperfeitos’, ao mesmo tempo que se lançou como consultor vínico, sempre em projetos com estreita relação com a sua natureza. O seu maior sonho é … Ler mais

Terras de Mogadouro junta-se à Vinalda

Terras de Mogadouro junta-se à Vinalda

A Vinalda amplia o seu portefólio com os vinhos Terras de Mogadouro, produzidos pela Wine Indigenus, na subregião do Planalto Mirandês, em Trás-os-Montes. Vinhos com autenticidade e longevidade: ‘puros transmontanos’!

Wine Indigenus é um projeto vitivinícola inovador que, como o próprio nome indica, do latim indígena, tem origem em Terras de Mogadouro, nome perfeitamente outorgado ao primeiro vinho que daqui nasceu.

O Diretor-Geral da Vinalda, José Espírito Santo, afirma que “este é mais um projeto de vinhos autênticos que se junta à Vinalda. Vinhos de altitude, com caráter, moldados pelas condições austeras desta região, que cada vez mais demonstra o seu enorme potencial”

O pioneiro deste projeto é Cristiano Pires que, com incentivo do pai Manuel Pires, alavancou este projeto familiar. A este projeto juntou-se Rute Gonçalves que, embora nascida em Lisboa, tem aqui as suas raízes familiares. Inicialmente enfermeira de profissão, no Reino Unido, agora formada enóloga do projeto, dirige a enologia, orientada pela consultoria do experiente enólogo Francisco Gonçalves.

Esta parceria com a Vinalda evidencia o potencial de crescimento do Terras de Mogadouro. Mais um grande salto neste projeto que acredito que seja uma grande oportunidade de expansão”, considera Cristiano Pires enquanto a enóloga residente … Ler mais

Rosé Dona Aninhas Reserva recebe Grande Prémio ‘Escolha da Imprensa 2020’

Rosé Dona Aninhas Reserva recebe Grande Prémio ‘Escolha da Imprensa 2020’

O Dona Aninhas Reserva Rosé 2019, da Quinta de S. Sebastião, na Arruda dos Vinhos, recebeu o Grande Prémio ‘Escolha da Imprensa 2020’da revista Vinho Grandes Escolhas.

Este Rosé, lançado em julho de 2020, é uma homenagem à mãe de António Parente,mas “sobretudo um reconhecimento a todas as mães que, com sacrifício da sua vida, criaram, educaram e prepararam os seus filhos para esta difícil viagem que é a vida”, dizia o proprietário da Quinta de S. Sebastião aquando do lançamento. Pelo que “este prémio tem um significado ainda maior para mim, mostrando que a nossa quinta tem condições para fazer vinhos muito especiais”, declara António Parente.

Para esta homenagem, o enólogo Filipe Sevinate Pinto concebeu um rosé clássico e elegante, que reflete o terroir de influência Atlântica da Arruda dos Vinhos. “O rosé Dona Aninhas alia as condições naturais onde é produzido, onde a altitude e a proximidade do mar se destacam, com a evolução e conhecimento adquiridos na última década na produção e comercialização deste tipo de vinhos. É um rosé clássico com muita mineralidade, frescura, profundidade e textura, ao nível do que melhor fazemos na Quinta de S. Sebastião”, explica Filipe Sevinate Pinto.

Este vinho … Ler mais

Real Companhia Velha reforça vinhos DOC Douro com Feitoria Reserva branco e tinto

Real Companhia Velha reforça vinhos DOC Douro com Feitoria Reserva branco e tinto

Sob uma marca histórica, a Real Companhia Velha lançou recentemente uma nova referência de vinhos DOC Douro: ‘Feitoria Reserva tinto’, com estreia na colheita de 2017. À venda em exclusivo no Continente, numa parceria já com resultados bastante positivos. Prova disso foi a consequente chegada do ‘Feitoria Reserva branco 2019’ às prateleiras.

Assim, o ‘Feitoria Reserva tinto’ e o ‘Feitoria Reserva branco’ são dois vinhos com perfis assumidamente durienses e uma imagem muito atual, que vieram para ficar. Uma dupla que representa a homenagem da Real Companhia Velha a um marco – literalmente falando – tão antigo, refletida em vinhos de grande caráter e complexidade, feitos com uvas de castas autóctones com origem em parcelas selecionadas.

A exaltação da história em forma de vinho, branco e tinto!

O ‘Feitoria Reserva branco’ (€12,99), da colheita de 2019, é um blend de Viosinho, Arinto e Rabigato, fermentado em cubas inox e estagiado em barricas de carvalho francês, por um período de 6 meses. No nariz, é um vinho muito sério e complexo, com destaque para a fruta branca, refrescada por impressões cítricas e complexada por notas de especiarias. Na boca, é um branco envolvente, guloso e pleno de sabores. É muito longo … Ler mais

The Yeatman: reabrem os terraços do Dick’s Bar & Bistro e do restaurante The Orangerie

The Yeatman: reabrem os terraços do Dick’s Bar & Bistro e do restaurante The Orangerie

Tempo de saborear. Da vista desafogada sobre a cidade do Porto aos pratos de assinatura do Chefe Ricardo Costa, a reabertura dos terraços do The Yeatman faz-se acompanhar de uma única recomendação: saborear os prazeres da vida.

O desconfinamento acontece em simultâneo com o despertar da primavera, o que é simbólico do ânimo redobrado com que reabrem os terraços do Dick’s Bar & Bistro e do restaurante The Orangerie, no The Yeatman.

São muitos os pretextos para regressar ao The Yeatman. A vista sobre a cidade do Porto já é um clássico da experiência, a que se soma a criatividade das propostas gastronómicas do Chefe Ricardo Costa, recentemente nomeado para integrar a lista dos 100 melhores Chefes do mundo, e a amplitude da carta de vinhos da garrafeira, que acolhe uma das mais completas e premiadas coleções de vinhos portugueses.

Aberto das 11h00 às 22h00, aos dias de semana (fechado ao fim de semana e feriados devido às restrições), o Dick’s Bar & Bistro convida a desfrutar dos dias prolongados de sol, seja ao almoço ou ao tão aguardado pôr-do-sol sobre o Rio Douro, espetáculo natural que tem no The Yeatman vista de camarote. Entre os petiscos sugeridos pelo … Ler mais

A&D Wines reabre Enoturismo da Quinta de Santa Teresa com novas ofertas

A&D Wines reabre Enoturismo da Quinta de Santa Teresa com novas ofertas

A A&D Wines, acaba de apresentar as novas ofertas para a Quinta de Santa Teresa, o seu ponto de enoturismo localizado na sub-região de Baião. Berço das uvas com que são produzidos os vinhos Singular e Monólogo, a Quinta de Santa Teresa terá ao seu dispor quatro tipos de provas de vinho que irão tornar a sua visita numa experiência única. O ponto de Enoturismo irá reabrir no próximo dia 5 de abril com todas as medidas de segurança impostas pela Direção Geral de Saúde.

O enoturismo da A&D Wines foi inaugurado em 2019 e, este ano, apesar do contexto de pandemia, a Quinta de Santa Teresa já apresentou as novidades que poderá usufruir. Nesta primeira fase, devido ao atual contexto pandémico, a Quinta aceitará grupos até 4 pessoas.

As novidades baseiam-se em quatro pacotes, que vão dos 15€ aos 50€, incluindo visita ao local e provas distintas: a Without Limits; a Top Range; a Avesso Experience; e a Standard.

As ofertas contemplam passeios nas vinhas e jardins, o contacto com o dia-a-dia da Quinta e terminam com a prova de vinhos que decidir.

A Visita e Prova Without Limits permitem uma personalização total da experiência, na Quinta de … Ler mais

Páscoa: espumante, branco(s), rosé e tinto compõem “ramo” de Vinhos do Tejo

Páscoa: espumante, branco(s), rosé e tinto compõem “ramo” de Vinhos do Tejo

Estamos há mais de um ano em pandemia e o pedido de recolhimento para esta Páscoa mantém-se. Não deixa, contudo, de ser uma época de celebração. Tempos complexos, em que o vinho foi, sem dúvida e para muitos, um fiel companheiro. Porque somos um povo em que o vinho é património e cultura, é tempo de o chamar mais uma vez à nossa mesa. No dia 04 de Abril, Domingo de Páscoa, façamos um brinde e tenhamos fé num futuro, em breve, risonho.

Da região do Tejo, são cinco as opções vínicas, de uma entre muitas propostas possíveis e que em comum têm o apelo à Primavera. Comecemos por um espumante ‘Portas do Tejo’, da Adega de Almeirim, o maior produtor da região e a maior adega de Portugal e sigamos para dois brancos: o ‘Bridão Reserva’ da também Adega, mas do Cartaxo; e um dos ex-libris da quinta do Casal Branco, em Almeirim, o ‘Falcoaria’ de Vinhas Velhas de Fernão Pires. Para dar cor a este ramalhete vínico, o ‘Terra Silvestre’ 100% Castelão rosé, da AgroBatoréu, em Aveiras de Cima. Também de Castelão e a condizer com a estação, um tinto suave e elegante da Quinta da Alorna, em … Ler mais