Quinta da Falorca Garrafeira 2007

É evidente que mais algum tempo de garrafa faria este vinho crescer (mais), mas não fiquei desapontado com o resultado. Depois de lhe dar algum tempo para respirar, o nariz de fruta silvestre fez-se sentir com muita expressão, bem como alguns apontamentos de floresta.

Há ainda muita frescura que acompanha o perfil elegante, seco e encorpado, a pedir companhia à mesa; a pimenta preta e o cacau aparecem nos primeiros minutos.

Os taninos gritam “presente” mas estão muito afinados, e no final da garrafa fiquei com muita pena de ser a última, embora não fosse minha.

Já aí anda o 2011… e, actualizando com informação vinda directamente do produtor: depois do 2007 veio o 2009, 2011 e o 2015 está à porta (também em magnum)!

3 comments on “Quinta da Falorca Garrafeira 2007
  1. Pedro Figueiredo diz:

    …e o 2015 está quase a sair 😁

Responder a Pedro Figueiredo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *